O assunto por aqui hoje é o primeiro emplacamento. Comprou o seu veículo (ou no nosso caso arrematou) e agora precisa emplacar? Sim, em alguns casos, mesmo em leilões, os veículos são de primeiro emplacamento e esse procedimento que, na maioria dos casos, é feito por automóveis 0km também precisa ser feito para veículos comprados em leilão.

Pra já começarmos com as boas dicas: Esse processo é simples, mas pouco divulgado, porque muita gente ganha $$$ dinheiro para realizá-lo. Então, se você quer economizar, vamos ajudá-lo a entender melhor o procedimento. 😉

Vamos ao caminho das pedras:

O que é?

É o processo de inclusão na Base de Dados do DETRAN e na Base de Dados Índice Nacional (BIN) do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM) de veículo 0 km (zero quilômetro) nacional, com a emissão da primeira documentação.

Documentação para o primeiro emplacamento

O que você deve providenciar:

  • Cópia e original da Carteira de Identidade (vale a carteira de motorista);
  • Cópia e original do CPF (vale a carteira de motorista);
  • Cópia do Comprovante de Residência.

O que a concessionária deve providenciar:

  • Cópia da cópia da Nota Fiscal Eletrônica – DANFE;
  • Cópia da Nota Fiscal da fábrica.

Caso o veículo seja financiado:

  • Cópia autenticada do contrato de financiamento, registrado em cartório. Quando fizer o seu financiamento, provavelmente a própria financeira irá registrar o contrato e já entregará a sua cópia.

No caso de veículos arrematados em leilão:

Todo automóvel que irá realizar o serviço de 1ª licença, adquirido através de leilão, deverá solicitar o  mesmo através de processo administrativo nas CIRETRANS ou na sede do DETRAN.

Tenho todos os documentos para o primeiro emplacamento. O que devo fazer agora?

Primeiro, pagar os DUDAs (Documento Único do DETRAN de Arrecadação).

Caso o veículo seja financiado, pagar o DUDA para a Inclusão de Gravame Comercial.

Com tudo pago, entre no site do DETRAN e faça o seu agendamento para a 1ª licença. Depois, basta aguardar a data marcada e ir ao posto do DETRAN com todos os documentos em mãos.

Pronto, se você fizer tudo certinho, com certeza evitará gastos extras desnecessários com o seu primeiro emplacamento.

Gostou desse post? Deixe seu comentários para nós. 🙂

 


18 Comments

Pablo Lopes · 17 de fevereiro de 2017 at 16:19

Obrigado pelo conteudo, agora consigo ter melhores ideias para abrir minha empresa

    brbid · 20 de fevereiro de 2017 at 18:39

    Opa! Obrigada pelo seu comentário! Continue sempre por aqui, recebendo nossos conteúdos exclusivos.

Jane Reis · 30 de janeiro de 2017 at 14:14

muito bom o seu artigo

    brbid · 1 de fevereiro de 2017 at 19:24

    Obrigada pelo elogio, Jane! Compartilha pros seus amigos também! 😉

Patrick · 14 de novembro de 2016 at 17:09

Arrematei uma moto no dia 19/10/2016 e na descrição dizia “CONSTA MULTA RENAINF, CASO NÃO HAJA SALDO PARA QUITAÇÃO DOS DÉBITOS DAS MULTAS INFORMADAS, O ARREMATANTE DEVERÁ AGUARDAR A DESVINCULAÇÃO POR PARTE DO ÓRGÃO EMISSOR DA INFRAÇÃO.”

Entrei em contato com o Detran para regularizar o veículo, mas fui informado que consta débitos anteriores, e que devo entrar em contato com o leiloeiro para que ele abra um processo administrativo.

O que devo fazer??
espero uma resposta do BRbid

    brbid · 14 de novembro de 2016 at 17:16

    Oi Patrick, é exatamente isso! Você precisa entrar em contato com a empresa vendedora do leilão para que ela dê inicio ao processo de regularização do automóvel.

Wando Francisco · 5 de outubro de 2016 at 18:29

Até q em fim uma coisa q ajude gostei poderiam mandar. Um imal desse pra quem arrematar um veículo no leilão. Instruindo como o comprador deve fazer

    brbid · 6 de outubro de 2016 at 19:23

    😉 conte conosco!

Maicon Reis de Carvalho · 5 de outubro de 2016 at 17:08

Muito bom! Ficamos nas mãos de despachantes que levam nosso dinheiro e demoram um tempo enorme pára resolver o problema. Agora ficou muito mais fácil. Valeu!!!

    brbid · 6 de outubro de 2016 at 19:23

    Que bom! Boa sorte, sempre!

Eduardo Araujo Da Silva · 5 de outubro de 2016 at 15:45

Muito ruim… Não explicou como proceder com veículo de primeira licença de leilaõ, uma vez que já pagamos os dudas no lance arrematação, gostaria de saber como vou agendar ou levar o veículo… Há!

George · 5 de outubro de 2016 at 15:16

Só não entendi essa questão se o veículo for financiado….pois no leilão o pagamento é a vista!! Se o antigo proprietário comprou financiado e o veículo é de primeira licença, o Detran ainda nem tem a informação de Gravame em seu sistema, logo não tenho que pagar nenhum tipo de Duda correspondente à financiamento….
Sem falar que como que o arrematante vai adivinhar que o veículo arrematado possui financiamento se quem arremata não recebe o CRV/CRLV tampouco tem como consultar no Detran, haja vista tratar-se de primeira licença, não havendo pois, registro qualquer no sistema….
Tenho essa dúvida….
Poderiam me esclarecer???

    brbid · 6 de outubro de 2016 at 19:26

    Oi George, tudo bem? A dica desse post é pra todos os tipos de emplacamento, mesmo dos que não são de leilão. 😉

Larissa · 23 de setembro de 2016 at 02:25

Olá gostaria de saber se é possível fazer a documentação de um veículo arrematado em leilão em outro estado pois tenho que retornar ao meu estado de origem, se poder me ajudar com essa informação. Desde ja muito obrigado. ..
Obs: primeira compra em leilão.

NARCISOLIMA · 16 de setembro de 2016 at 18:40

muito bom , assim já posso comprar , sendo primeiro emplacamento eu tinha medo achava que era complicado ,fui útil essa informação
muito obrigado

    brbid · 21 de setembro de 2016 at 12:38

    Que bom! Boa sorte! 🙂

    Felipe · 5 de outubro de 2016 at 15:15

    Não compre amigo, é dor de cabeça certa. Estou a um bom tempo tentando emplacar e com tudo pago, não posso rodar com a moto e o processo no Detran nunca anda. E quando anda, você tem que gastar. E nunca resolve absolutamente nada!

    rubem · 5 de outubro de 2016 at 19:24

    nao e bem assim eu comprei uma moto e levou uns seis meses para sair o documento e marca a vistoria tem que ir no prédio do detran e abri um processo administrativo

Comments are closed.