brbid

Parcelamento de multas de trânsito do Detran, como funciona?

Você sabia que existe a possibilidade de fazer o parcelamento de multas de trânsito? Não? Vem cá então que vamos te contar tudo.

O parcelamento de multas de trânsito do Detran é ótimo para quem está apertado e não pode pagar o valor da multa (ou multas) de uma só vez.  A ideia é promover uma maior facilidade parar estar em dia com os pagamentos das multas e não ter maiores problemas com a sua CNH e o veículo.

Receber uma multa nunca é legal! Quem já tomou uma sabe muito bem disso, ainda mais porque é um dinheiro que não terá retorno e de qualquer maneira você terá que pagar. :/ O ideal é não tomar nunca, né? Mas, já que muitas vezes e em muitos casos isso não é possível é muito bom ter o conhecimento de certos benefícios que podem ajudar você!

Hoje em dia o Detran, afim de facilitar a vida de quem tem multa atrasada ou recebe inúmeras multas de trânsito, oferece a opção de parcelamento de multas de trânsito.  Esse parcelamento, com certeza, vai ajudar e muito as pessoas que não conseguem pagar todos os débitos a vista.

Confira no Detran do seu estado para ver se esse esquema de parcelamento de multas de trânsito já está em vigor e como funciona.

 

Então, o melhor processo para evitar problemas com a apreensão de veículos, o acúmulo de dívidas e a sua dor de cabeça é pagando aquilo que se deve.

Para o parcelamento de multas de trânsito você deve procurar a unidade da sua cidade e levar seus documentos pessoais, em especial a carteira de motorista, que é por meio dela que serão consultadas as multas que você possui. Assim, o Detran vai te oferecer opções para pagamento. Você também pode entrar no site do Detran do seu estado e procurar por parcelamento de multas de trânsito e verificar o procedimento.

No site do Detran do Rio de Janeiro por exemplo eles oferecem um passo a passo na qual o motorista deve seguir:

  1. Acessar o site do DETRAN para consulta das multas que podem ser parceladas.
  2. Caso o interessado não tenha acesso à internet, poderá realizar a consulta nos Rio Poupa Tempo, na sede do DETRAN-RJ (acesso 06), nas Ciretrans e Sats.
  3. O proprietário, há época da infração, seleciona a multa ou multas que deseja parcelar e a quantidade das parcelas.
  4. Após o proprietário, há época da infração, selecionar as multas a serem parceladas, ele clica no botão “Termo de Adesão”, para concordar ou não com as regras descritas no “Termo de Confissão de Débito e Adesão ao Parcelamento”.
  5. Se ele não concordar, clica no botão “Cancelar”, cancelando o parcelamento.
  6. Se ele concordar, clica no botão “Concordo”, podendo imprimir o Termo de Adesão para cada multa selecionada.
  7. Efetuada a adesão, o boleto para pagamento da primeira parcela estará disponível para impressão no site do DETRAN dois dias úteis depois do procedimento. O vencimento da primeira parcela será no quinto dia útil da data da adesão, mas o proprietário só será considerado inadimplente se não fizer o pagamento no prazo de 30 dias. Vale salientar que pagamento do boleto só poderá ser feito em agência do Bradesco.
  8. Com a quitação da primeira parcela, o proprietário do veículo passa a ter direito a realizar os serviços de vistoria, segunda via de CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) e retirada de veículo apreendido. Permanece impedida, porém, a realização de transferência de propriedade e de jurisdição, que só pode ser efetuada com a quitação integral dos débitos.

Vale saber que após a efetivação do parcelamento, o proprietário não terá mais como cancelá-lo. A multa que tiver o seu parcelamento rompido não poderá mais ser parcelada. E, uma vez rompido pelo não pagamento da segunda ou demais parcelas subsequentes, o proprietário ficará impossibilitado de realizar o próximo licenciamento anual sem o pagamento integral do saldo residual, que só poderá ser feito em cota única, através de boleto a ser impresso no site do Detran.

Então, a partir dessa informação o parcelamento de multas de trânsito pode melhorar a sua vida e facilitar o pagamento dos seus débitos. O principal agora é procurar o Detran do seu estado para saber como anda esse facilitador por lá.

Você sabia da existência desse benefício? Deixe o seu comentário aqui!.

 

Por: brbid

4 thoughts on “Parcelamento de multas de trânsito do Detran, como funciona?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *