Como ficam faróis e baterias dos veículos depois da nova lei?

Essa nova lei que obriga a andar com o farol baixo durante o dia nas estradas tem gerado um grande questionamento: como ficam faróis e baterias dos veículos com essa maior utilização?

Evidentemente, tudo o que se usa muito dura menos, principalmente, quando o assunto é veículo (suas peças e manutenção). Aliás, todo mundo passa por alguma aflição financeira quando o carro ou moto começam a dar sinais que precisam de uma olhadinha mais atenciosa.

Então, o que vai sair mais prejudicado com esse uso intenso dos faróis e baterias dos veículos?

A lâmpada vai durar menos, a tomada dela também, além de outras peças que fazem o farol funcionar. Nós andamos menos com o carro a noite, o que, de certa maneira, seria uma economia nestes itens citados acima, já que eles não são tão utilizados assim, para a maioria da população. Obviamente, esse maior desgaste dos faróis e baterias dos veículos vai existir, a partir do momento em que se passa a utilizá-los também de dia.

As motos (motociclistas) já não sofrem tanto essa consequência, de sentirem o peso de andar com o farol aceso, porque elas já eram obrigadas a trafegarem com os faróis baixos acesos durante o dia.

Mas que ninguém se engane, a bateria, tanto do carro, quanto da moto, é afetada pela sua grande utilização sim.  Mas a diferença de tamanho, ou de potência, influencia nesse caso. Não é nenhuma coincidência a bateria de uma moto ter garantia de apenas 6 meses e a do carro ter de 1 a 2 anos.

bateria-do-carro

Qual a relação do uso intenso dos faróis e baterias dos veículos?

Seria mais um acessório elétrico do carro com uso constante. Já temos o ar condicionado, por exemplo, que exige muito do sistema de carga do veículo. Mas, no caso dos faróis, a exigência vai apenas ajudar a diminuir a vida útil da bateria – algo a médio ou longo prazo (bateria original ou uma muito boa).

A bateria passa a receber mais carga simultânea, o que faz a solução dela diminuir e a sua densidade ficar sempre variando. Quem costuma usar muito o carro, como as pessoas que trabalham com transporte – por exemplo, sabe que a vida útil de uma bateria se utilizada muito não dura como a de um carro particular.

Mas, ainda assim, para um uso normal, a bateria não vai “morrer”com tanta facilidade não. Com relação a isso, os motoristas de plantão podem ficar mais sossegados.

Agora, se tratando de todas as lâmpadas envolvidas no veículo, que ficam acesas com o farol baixo, como as dos quatros faroletes, a luz de placa e a iluminação do painel, essas sim poderão ter suas “vidas” diminuídas pela grande utilização. Então, cuidado com os faróis e baterias dos veículos. Cuide bem do seu automóvel.

Você pode saber mais sobre essa multa que obriga a utilização do farol baixo de dia aqui. A prevenção é o melhor remédio para a saúde do seu veículo também. Esteja sempre de olho! Tudo o que envolve o mundo automotivo custa muito e na hora do pior é que o bolso realmente pesa.

Gostou desse post? Deixe o seu comentário. Esperamos que ele tenha sido útil para você!