Uma nova lei, que foi publicada no dia 02 de março, no Diário Oficial, do Poder Executivo, de autoria do deputado Dionísio Lins (PP), obriga que o Detran-RJ avise ao motorista no prazo máximo de duas horas, a localização do seu veículo, caso ele tenha sido rebocado.

O Detran-RJ deverá informar aos proprietários por meio da internet ou por telefone a localização do armazenamento. E os depósitos que receberem os veículos rebocados, pelo Detran, terão que funcionar também em finais de semana e feriados. O órgão deverá regulamentar por decreto o funcionamento dos depósitos em regime de plantão.

E não para por aí, a lei ainda determina que todos os pátios e depósitos tenham câmeras de monitoramento internas e externas, para impedir danos aos veículos. Os veículos com até três anos de fabricação estarão isentos de guincho por falta de vistoria, já que estes não precisam realizar a inspeção.

E para a retirada do veículo, as informações precisam estar disponíveis na página oficial do Detran-RJ na internet. São elas:  para qual depósito o veículo foi removido, o preço da diária, o preço a ser pago pela remoção e a lista de documentos necessários para a liberação do veículo.

Por nota, o Detran-RJ disse que está tomando todas as providências para regulamentar e cumprir, o mais brevemente possível, o que está na lei.

Gostaram da novidade?


3 Comments

janete · 23 de fevereiro de 2017 at 12:13

muito bom o seu artigo

brbid · 23 de fevereiro de 2017 at 14:11

Obrigado pelo comentário! 😉

Andre · 9 de maio de 2017 at 05:05

Muito bom esse artigo top demais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *