brbid

10 dicas infalíveis para motociclistas não se envolverem em acidentes

Compradores de leilão e ainda motociclistas? Então, esse post veio na hora certa. Se vocês estão sempre de olho nas motos dos leilões ou já compram com frequência, separamos 10 dicas infalíveis para vocês manterem as suas motocicletas longe dos acidentes de trânsito.

Sabemos que o risco existe e bate a porta o tempo todo, então nada mais seguro do que vocês, como motociclistas, se cuidarem para evitarem algum dano maior.

Não temos controle sobre as atitudes dos outros em nossa volta, mas podemos fazer a nossa parte. E acredite que isso já fará muita diferença, principalmente, se vocês pensarem que suas vidas estão em jogo.

Motociclistas, quanto mais experientes forem, maiores são as chances de conduzirem suas motocicletas em segurança. A experiência nos ensina a tomar certos cuidados, porém é sempre bom relembrarmos as atitudes que nos protegem no dia a dia, em ruas, avenidas e estradas, principalmente.

Cuidado nunca é o bastante, vale muito incorporar essas 10 dicas infalíveis para vocês motociclistas não se envolverem em acidentes de trânsito.

Então, bora saber quais são elas:

1. Use e abuse dos equipamentos de segurança, hmm… vamos refletir!

equipamento-de-seguranc%cc%a7a-motos

A saidinha é rápida, ok, mas independentemente do trajeto ou da distância, você e o passageiro sempre devem sair com o capacete (este deve estar de acordo com a regulamentação vigente, ou seja, possuindo os adesivos refletivos que facilitam a sua identificação pelos demais motoristas). Não marque bobeira, um segundo pode fazer total diferença na sua vida! Nada vale o risco.

2. Esteja visível para todos

visibilidade-estradas-motos

Inclusive com a sua roupa, que também deve ter detalhes refletivos. Para facilitar a visibilidade em relação à sua presença nas ruas, ande sempre com o farol ligado para manter sua moto ao alcance do campo de visão dos outros motoristas. Evite também manobras que podem não ser percebidas pelos demais condutores. Aja sempre com cautela. Fica aquela velha máxima: a pressa definitivamente é inimiga da perfeição. No caso, troque a palavra perfeição para a sua vida.

3. Cruzamentos e os perigos que os envolvem

cruzamentos

Sabemos que não é nada agradável parar em todos os cruzamentos. Porém, é fundamental respeitar a sinalização das vias. Quando estiver parado em um sinal de trânsito, evite arrancar assim que ele abra, mas olhe se já está vindo carros em sua direção. Assim como você, outros motoristas também podem arrancar com o veículo, colidindo dessa maneira com a sua moto. Com certeza, o estrago é sempre maior para os motociclistas. Vale a pena uns minutos de espera.

4. Ultrapassagem em curva, chance clara de desastre

motociclistas

As ultrapassagens em curvas acabam limitando a sua visibilidade em relação aos demais motoristas, principalmente os que vêm pela pista oposta. Aguarde por um trecho que seja mais reto e realize a ultrapassagem em segurança. Esse é o tipo de ação

5. Não trafegue entre os carros

motos-no-corredor

Tipo aviso de perigo! Se existe engarrafamento, ainda é aceitável, mas se a pista estiver livre, não tem desculpa. Ao trafegar sempre ao lado de outro veículo, você acaba limitando o espaço suficiente para manobrar em caso de uma situação de emergência, como a presença de um obstáculo. Além de comprometer a sua segurança, você acaba afetando a dos demais motoristas.

6. Cuidado com os pontos cegos

andando

Essa dica é de ouro! Evite circular muito próximo aos carros e caminhões, pois você pode acabar ficando no ponto cego desses veículos. Eles podem mudar seus trajetos, e, por não estarem vendo você, isso pode acabar provocando um acidente.

7. Olhares atentos ao retrovisor

retrovisor

Essa é aquela dica clichê mas que vale muito prestar atenção! Não se engane, o retrovisor é o meu melhor amigo. Esteja sempre de olho no que acontece perto de você por meio do retrovisor, pois fazer qualquer manobra sem observá-lo, pode acabar causando uma colisão por pura e simples falta de atenção.

8. Pista molhada, dobro de atenção

chuva-motos

Choveu e a pista molhou? Então cuidado! Quando o piso estiver molhado, redobre a sua atenção. Dirija com cuidado e seja suave nos comandos. A baixa aderência do solo faz com que os movimentos bruscos dos freios e acelerador levem a moto diretamente ao chão. O piso molhado tem uma fina lâmina d’água que o pneu não consegue romper, causando instabilidade.

9. Freie da maneira correta

franagem

Não basta acionar o freio, tem que fazer essa ação corretamente. O freio dianteiro deve ser acionado com mais ênfase, cerca de 70% em relação ao traseiro. O papel da roda traseira é equilibrar a freagem.

10. Faça a manutenção preventiva da moto corretamente

manutenção preventiva moto

Sabe aquele velho ditado: o barato que sai caro? Então, não deixe de fazer as revisões e as manutenções das motocicletas para poupar dinheiro. É um doce engano achar que não vale a pena porque não quer gastar nada com a moto. Primeiro, a moto é um bem. Segundo, para a sua segurança, ela deve estar OK para rodar nas vias.

Motociclistas devem ser conscientes com as suas vidas e as dos outros. Gostaram das dicas? Então, fujam dos acidentes de trânsito!

Compartilhem essas ideias e vamos deixar o mundo mais consciente!

Por: brbid

20 thoughts on “10 dicas infalíveis para motociclistas não se envolverem em acidentes

  1. Boas instruções, independente de ser o Óbvio, a maioria dos acidentes são causados pelas maioria dessas dicas e nós mesmos na grande maioria das vezes somos os responsáveis, se procurar-mos evitar todo e quaisquer tipo de prevenção cai 70% ou mais os riscos de acidentes em motocicletas.

  2. Parabéns pelas dicas, isso é muito importante para os iniciantes, porem tem muito veterano que tem que anotar essas recomendações, é de grande utilidade esse serviço de informação, Grato.

Comments are closed.